Integração de pedidos de venda Rastreador PariPassu

Uma das principais facilidades do Rastreador para varejos e fornecedores é a integração de pedidos de venda, que agiliza e torna mais seguro esse procedimento.

A integração de pedidos de venda automatiza o envio de pedidos ao histórico de vendas dos fornecedores, a partir de alguns dos principais sistemas utilizados no varejo. Acompanhe a dinâmica do processo no esquema abaixo.

Esquema integração pedido - varejo

A integração deve ser solicitada pelos clientes varejistas e nem todos os varejos utilizam essa facilidade.

Para que os pedidos sejam automaticamente enviados aos fornecedores, basta que os dados de CNPJ ou CPF estejam cadastrados corretamente no sistema do varejo e no Rastreador do fornecedor. 

Há varejos que trabalham com integrações semi-automatizadas, nas quais o pedido deve ser baixado no sistema do cliente varejista e importado para o Rastreador. Para saber mais, clique aqui


A automatização torna desnecessário o preenchimento de informações que exigem precisão, como números de EAN ou PLU,  economizando tempo e evitando equívocos que podem custar alto, como o desperdício de etiquetas por erros de digitação ou a devolução de produtos por problemas na conferência.

E o melhor: trabalhar com a integração garante o atendimento à INC 02/2018, que exige a adoção da rastreabilidade para todos os elos da cadeia produtiva. 

Acabe com a informalidade e os registros inconsistentes! Utilizar essa integração do Rastreador PariPassu só traz vantagens: 

  • rastreamento garantido;
  • redução de devoluções por problemas de etiqueta;
  • controle mais preciso do estoque;
  • facilidades de conferência no recebimento; 
  • identificação de fornecedores que cumprem os processos de rastreabilidade. 

Veja como é fácil identificar e trabalhar com pedidos integrados de venda.

Acompanhe as instruções detalhadas. 

Acesse o menu Rastreamento → item Histórico de vendas

1. Observe na listagem de vendas os pedidos destacados em verde, que são os enviados pelo varejo via integração.

pedido aguardando aceite-12. Clique em aceitar para aceitar o pedido. Após o aceite, o sistema exibirá a tela Informações da venda. Observe que dados como cliente, data e previsão de entrega já estarão preenchidos, bem como os produtos e quantidades solicitadas estarão especificados.

O campo Cliente exibe informações de acordo com os cadastros de clientes do seu Rastreador. Se o campo estiver em branco é porque o cliente não está cadastrado. 

3. Você deverá preencher apenas o campo Nota fiscal e adicionar as informações de rastreamento de cada produto, clicando em botão adicionar.

informações da venda-3-1

4. Ao clicar, os campos Código de rastreamento, Quantidade e Embalagem serão exibidos. Preencha o código de rastreamento selecionando um dos produtos disponíveis em seu estoque. Se necessário, digite parte do nome para facilitar a busca.

É muito importante manter as informações de estoque atualizadas. Do contrário, você terá que interromper a venda integrada para cadastrar produtos não incluídos. 

5. Após a seleção, o campo Embalagem será automaticamente preenchido com as informações do produto selecionado. Preencha a quantidade e confirme se o pedido foi 100% atendido. Pode ser necessário editar a embalagem para que a relação entre quantidade e unidade alcance o total solicitado.

adição do produto-2

A numeração seguida pelo ícone de cadeado, destacada na imagem acima, corresponde ao EAN/PLU do varejo. Depois de selecionar o produto solicitado em seu estoque, a numeração é bloqueada para atribuição única a esse item específico. Se for necessário alterar o produto selecionado, você deverá o selecionar e excluir. 

desbloqueio de EAN

Assim, é possível reiniciar o procedimento de seleção de produtos no seu estoque. 

6. Esse procedimento deve ser repetido para todos os produtos incluídos no pedido. Depois, vale uma revisão atenta aos detalhes incluídos no quadro de produtos, à direita da tela. Tudo certo? Então. clique em salvar-3.

7. O sistema retornará à tela de Histórico de vendas. Selecione o pedido que você acabou de editar e clique em botão imprimir. É possível selecionar diversos pedidos, mas a configuração da impressão deve ser realizada para cada um dos produtos incluídos. 

8. Na tela de Impressão de etiquetas, comece selecionando o Tipo de etiqueta conforme as exigências legais relacionadas ao produto.

Após a seleção, observe que o campo Quantidade de etiquetas estará preenchido conforme a quantidade solicitada no pedido.  Já o campo EAN/PLU estará preenchido e bloqueado para edição, evitando erros de digitação. 

9. Continue a edição, selecionando o Nome da impressora e o Modo de impressão. Não deixe de clicar em visualizar etiqueta-1 para verificar se todas as informações estão corretas. De volta ao Histórico de vendas, é hora de imprimir suas etiquetas. Selecione o pedido e clique no ícone da impressora. Depois, é só clicar em botão imprimir-1.

Pronto! Assim você garante a rastreabilidade dos produtos, evita erros de digitação e pode imprimir suas etiquetas dentro dos padrões indicados nas legislações vigentes.

Precisa de informações sobre impressão de etiquetas? Os artigos a seguir podem ajudar.

Impressoras térmicas homologadas

Etiquetas padronizadas

Como imprimir etiquetas no Rastreador PariPassu?

Como calibrar e/ou resetar impressoras?

Como reiniciar impressoras no Rastreador e reinstalar o PariPassu Print?

Como adicionar o Rastreador PariPassu à lista de exceções do seu antivírus?

 

Esperamos que este conteúdo tenha auxiliado você. Até mais! 🖐️